Cursar uma pós no exterior traz vantagens acadêmicas, profissionais e pessoais

Lisandra Matias – Jornalista
04/05/2020

Ganhar fluência num idioma estrangeiro, ter acesso a cursos que não existem no Brasil, construir um networking internacional e vivenciar a diversidade são alguns dos benefícios

Se fazer uma pós-graduação no Brasil já significa aprofundar conhecimentos, investir na atualização e ampliar habilidades e competências para uma melhor atuação profissional, se ela for realizada no exterior, os ganhos são ainda maiores.

Uma das grandes vantagens é adquirir fluência numa língua estrangeira. “No caso do inglês, por exemplo, considerado o idioma universal e a língua mundial dos negócios, é baixa a fluência do brasileiro. Então, é uma oportunidade excelente para isso e também para adquirir conhecimento dos termos técnicos de cada área de atuação”, diz Raimundo Sousa, diretor da OK Student Brasil , empresa de consultoria para estudantes brasileiros que querem ingressar numa universidade no Reino Unido.

Mais opções disponíveis

Estudar em outro país também pode significar a oportunidade de encontrar cursos que não existem no Brasil ou cuja oferta ainda está no início ou, ainda, feita de forma limitada. Isso pode ocorrer especialmente em determinadas áreas, consideradas profissões do futuro e que envolvem tecnologia da informação, como Cybersecurity and Digital Forensics, Cognitive Neuroscience and Psychology ou Law with Criminology. “A demanda por esses profissionais já é grande em todo o mundo e faltam pessoas especializadas. São áreas em que não há desemprego e os salários costumam ser bem superiores à média do setor” , observa Sousa.

Ampliar horizontes pessoais e profissionais

A construção de um networking mundial é outro benefício de cursar uma pós fora. Ao fazer um curso em uma universidades que tem alto nível de internacionalização, é possível estudar com pessoas de diferentes nacionalidades. “Isso é importante porque permite estabelecer contatos internacionais dentro da sua área profissional” , aponta o diretor.

A experiência no exterior proporciona, ainda, o conhecimento de outras culturas e maneiras de pensar e o convívio com a diversidade. “Tudo isso somado é uma tremenda valorização do currículo e da bagagem de vida , para que a pessoa consiga alcançar situações mais vantajosas acadêmica e profissionalmente”.


Últimas publicações
Quatro bons motivos para estudar no Reino Unido
Festivais e competições britânicas
Você sabe o que é Foundation Year?

Está gostando do conteúdo?

  • Então se inscreva em nossa 
  • newsletter e fique por dentro 
  • de todas as novidades!