6 cidades que você deve conhecer ao estudar na Inglaterra

Lisandra Matias – Jornalista

10/08/2020

Além de divertir e encantar turistas, as principais atrações de Londres, Brighton, Stratford-Upon-Avon, Liverpool e York, e as ruínas de Stonehenge, ensinam sobre a história e a cultura ocidental

Além de estudar em universidades reconhecidas internacionalmente pela qualidade do seu ensino, quem opta por fazer uma graduação ou pós-graduação no Reino Unido ganha também com a enorme bagagem cultural que pode adquirir durante essa experiência.

A Inglaterra, principal país que compõe o Reino Unido — formado também por Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte — reúne alguns dos mais emblemáticos pontos turísticos da Europa. São opções diversas que incluem castelos e cidades medievais, construções modernas, centros culturais, museus e paisagens naturais.

Confira 6 localidades e algumas sugestões de atrações para você visitar e ampliar seus conhecimentos ao longo do período de estudo no país.

 

Londres

A cidade é o principal polo cultural britânico. Sua arquitetura diversificada possui construções no estilo gótico, renascentista e contemporâneo. O Big Ben, a Torre de Londres, a roda-gigante London Eye e a Abadia de Westminster são alguns dos mais importantes cartões-postais londrinos. Não deixe de assistir à troca de guarda do Palácio de Buckingham, residência oficial da rainha. A capital inglesa também abriga importantes museus, como o British Museum, National Gallery e Madame Tussauds, e parques, como Hyde Park, Kensington Gardens e Regent’s Park.

Brighton

Antiga vila de pescadores, o charmoso balneário ao sul do país, a uma hora de trem do centro de Londres, é conhecido como a cidade mais alternativa, hipster e LGBT friendly da Inglaterra. Lá é possível conhecer, entre outras atrações, o Royal Pavilion, um palácio construído no final do século XVIII, que lembra o Taj Mahal indiano, e o Brighton Palace Pier, em estilo vitoriano, com quiosques de comidas, pavilhões com jogos e parque de diversões.

Stonehenge (a partir de Salisbury)

Datadas do Período Neolítico e erguidas há cerca de 5 mil anos, as ruínas de Stonehenge são formadas por enormes pedras sobrepostas, algumas com até nove metros de altura. Alinhadas de acordo com os movimentos do Sol, o majestoso círculo de monumentos rochosos guarda mistérios sobre sua engenhosa construção e origem.

Stratford-Upon-Avon

Cidade-natal do poeta e dramaturgo William Shakespeare (1564-1616), esse bucólico vilarejo foi um feudo do bispado de Worcester e, posteriormente, um importante ponto comercial da região. Reconstruído no final do século XIX, mantém o estilo arquitetônico da Dinastia Tudor, com construções em tons claros e vigas de madeira aparente. Além das casas onde Shakespeare morou, vale circular pelas ruelas da cidade e visitar Bancroft Gardens.

Liverpool

Na cidade dos Beatles, uma das principais atrações é o Cavern Club, bar onde o quarteto costumava se apresentar. Não podem ficar de fora o museu The Beatles Story e as casas onde John Lennon e Paul McCartney moraram. Importante centro portuário, o local conta, ainda, com estaleiros do século XIX, museus e galerias, como a renomada Tate Liverpool. Para fãs de futebol, conhecer a sede do Liverpool FC é parada obrigatória.

York

Localizada no norte da Inglaterra, essa cidade medieval tem uma vida cultural intensa, com universidades, museus e construções centenárias, que revelam a influência romana e saxônica. Lá se localiza a Catedral de York, a maior construção em estilo gótico do norte da Europa. Também merecem a visita a rua The Shambles, com suas tradicionais construções de madeira em estilo enxaimel, datadas do século XIV, e o Jorvik Viking Centre, museu que preserva o passado viking da cidade.


Últimas publicações
Os talentos de Oxford
Quanto custa uma graduação no Reino Unido?
De malas prontas para o seu futuro profissional

Está gostando do conteúdo?

  • Então se inscreva em nossa 
  • newsletter e fique por dentro 
  • de todas as novidades!