Graduação no exterior é forma eficaz de ganhar domínio em um idioma

Lisandra Matias – Jornalista

08/09/2020

Estudante da Anglia Ruskin University, no Reino Unido, conta como o uso da língua em diversas situações do cotidiano, dentro e fora do ambiente universitário, favorece a fluência

As vantagens são inúmeras para quem tem a oportunidade de estudar no exterior — a formação acadêmica internacional, os contatos com pessoas de todo o mundo, a imersão em outra cultura. Isso sem contar a fluência no idioma, pois são 24 horas por dia em contato com a língua.

“Em todas as situações do cotidiano, dentro e fora da universidade, somos forçados a usar todo o nosso conhecimento da língua. Com isso descobrimos, muitas vezes, que sabemos mais do que achávamos”, diz Inês Correia, de 19 anos, estudante de Medicina da Anglia Ruskin University, em Chelmsford, no Reino Unido. “Percebi que estava fluente no inglês quando não precisava mais pensar duas vezes no que iria dizer, quando consegui corrigir trabalhos de colegas ingleses e quando comecei a sonhar na língua inglesa.”

Inês, que é portuguesa, conta que começou a aprender o idioma aos 3 anos de idade, pois sua mãe é professora de inglês. Aos 10 anos, começou o curso do idioma numa escola de línguas, onde fez vários exames de proficiência, incluindo o IELTS. Terminou o curso um ano antes de ir para a Inglaterra. “Mas sempre gostei de melhorar a minha leitura e compreensão em inglês lendo livros e vendo filmes sem legendas”, afirma.

Ao chegar à universidade inglesa, ela conta que tinha bastante confiança no seu nível de inglês e se considerava fluente. “O único receio era não entender termos mais técnicos da área da Medicina, como nomes de doenças, tratamentos ou medicamentos, uma vez que não era comum ouvir estes termos mais técnicos em Portugal”.

Para quem quer ganhar fluência na língua, ela afirma que o mais importante é se desafiar sempre, não evitar situações que considere mais difíceis e se esforçar para atingir esse objetivo. “Também recomendo conversar com pessoas que falam fluentemente o idioma, sair da zona de conforto e não ter vergonha em errar, porque essa é a melhor forma de aprender.”

Sobre a importância de adquirir fluência no inglês, a estudante aponta os benefícios para a vida acadêmica e profissional. “O inglês é uma língua essencial, é a língua Internacional da comunicação. Em qualquer país, se não soubermos o idioma local, haverá sempre alguém que fala o inglês. O mesmo acontece no mundo do trabalho. Ao dominar o inglês, somos capazes de nos comunicar com qualquer colega de trabalho ou fazer uma pesquisa. De certa forma, é um caminho mais fácil ao sucesso profissional.”


Últimas publicações
Confira 10 grandes descobertas que ocorreram em universidades do Reino Unido
Além da formação acadêmica e profissional, estudar fora traz vantagens pessoais
Graduação no exterior é forma eficaz de ganhar domínio em um idioma

Está gostando do conteúdo?

  • Então se inscreva em nossa 
  • newsletter e fique por dentro 
  • de todas as novidades!